Cris.JPG

CRISTIANE MOREIRA

Assistência de Direção:

“Festa de Casamento” (Cefar(t)) (2005)

"Entrei para o Cefar(t) (na época, apenas Cefar) em 2003. Em 2005, ano de montagem dos espetáculos de formatura da minha turma, além de atriz, assumi a assistência de direção do espetáculo Festa de Casamento, com direção de Eid Ribeiro. Como assistente de direção eu era responsável por organizar o texto diariamente e anotar as movimentações dos personagens e da cena. Eid é um gênio da cena. Todos os dias ele propõe novas situações e formas de encenar, dessa forma, nunca deixa o ator permanecer em um lugar confortável. Além disso, é um dos poucos diretores que conseguem fazer, com maestria, a direção da cena e dos atores. Por isso, fazer a assistência de direção nesse espetáculo foi um grande aprendizado."

 

Cristiane Moreira Pinto é graduada em Gestão de Organizações do Terceiro Setor (UEMG), especialista em Gestão Cultural (SENAC) e em Ciência Política (Estácio de Sá). Formou-se como atriz pelo Centro de Formação Artística – Cefar(t)/Palácio das Artes. Participou do Curso de Cooperação Cultural, Diversidade e Desenvolvimento – Observatório da Diversidade Cultural e do Núcleo de Dramaturgia do Galpão Cine Horto. No teatro, atuou nos espetáculos ‘Festa de Casamento’, ‘Cósmicas’, ‘Quando o peixe salta’, ‘Suba na Vida’ e ‘Rosa Choque’, vencedor na categoria Melhor Espetáculo da 3ª Edição do Prêmio Copasa/Sinparc. No cinema, atuou no longa-metragem ‘Baixo Centro’, eleito Melhor Filme na Mostra Aurora/Festival de Tiradentes em 2018. Foi dramaturga da cena curta Rosa Choque, do espetáculo 'HOJE', participou como dramaturga convidada do Projeto Janela de Dramaturgia em 2017 e foi consultora dramatúrgica do espetáculo ‘Suave Coisa Nenhuma’. Foi assistente de direção do espetáculo 'Festa de Casamento' e diretora da cena curta 'Rosa Choque'.  Atua como produtora cultural desde 2005 em diversas associações e projetos culturais, sendo uma das idealizadoras do I Festival de Artes Cênicas de João Monlevade. Participou da estruturação do projeto Mostra Novos Coletivos em 2015 e da Comissão de Seleção do Festival de Cenas Curtas em 2016. É fundadora e integrante do Coletivo Conectores, idealizador da Mostra de Teatro e Direitos Humanos de Belo Horizonte. Atualmente trabalha na Secretaria Municipal de Cultura de Belo Horizonte.

Foto: Acervo Pessoal

Última atualização: 07/07/2021