Priscila Natany Resende.jpeg

PRISCILA NATANY RESENDE

 

Assistente de dramaturgia e criação:

"…Incomoda, Incomoda, Incomoda…" (Cefar(t)) (2021)

Direção de movimento:

“…Incomoda, Incomoda, Incomoda…” (Cefar(t)) (2021)

"Em primeiro lugar há que se dizer que criar um espetáculo num momento como esse foi muito especial (julho de 2021). Voltar aos trabalhos em salas de ensaio depois de mais de um ano de isolamento, com encontros remotos, foi realmente revigorante. Por outro lado, também ligada a essa questão foi onde encontrei o maior desafio: lidar com esse “corpo de pandemia”. Que corpo é esse? Certamente um corpo mais recolhido, menos vívido, com tensões. Então, o meu objetivo foi trabalhar com as alunas e os alunos de modo que elas e eles expandissem a musculatura, resgatassem a porosidade e a intensidade na relação com o outro. Como a gente estava vindo de um período em que o contato entre as pessoas era muito restrito, ativar uma escuta e uma presença voltada para uma legítima conexão foi importante.

Foi uma experiência muito particular e bem diferente das direções e preparações corporais que eu já havia realizado com outras turmas de formação (no Curso de Preparação Para Atores do Teatro da Pedra, em São João del-Rei), até porque eu evitei tocá-los. A gente compartilhou o mesmo espaço, mas mantivemos distanciamentos de prevenção à COVID. No entanto, a turma foi tão aberta e disponível que mesmo rodeados por protocolos tudo funcionou muito bem. Somado a isso, Rita Clemente foi quem dirigiu. Rita é um fenômeno, é uma engenheira cênica. Ela tem uma inteligência que poucos diretores e diretoras brasileiras têm.  Ela traça tão bem o desenho da cena, a composição, a estrutura dramatúrgica que fica fácil você criar uma coreografia dentro daquele contexto, que foi o que eu fiz.

E aí depois, no trabalho com a câmera, a gente elaborou um storyboard para delinear um pouco a poética de movimento das ações e dos quadros e ela conseguiu criar algo extraordinário também. Com a notícia da reabertura do Teatro, a gente tinha um espetáculo para o público e uma peça sendo transmitida online. A estreia foi de um encontro extremamente renovador com o público, que voltava com muita vontade e alegria ao teatro. “Incomoda, incomoda ,incomoda...” foi mais que uma montagem de formatura, foi uma ode ao poder transformador da ficção."

Priscila Natany Resende é artista cênica e fotógrafa. Formada em Teatro pela Universidade Federal de São João del- Rei. Graduada em Comunicação Social - Jornalismo pela mesma instituição. Mestranda do Programa de Pós Graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC. Possui formação técnica pelo Curso de Preparação Para Atores da extinta Cia. Teatral ManiCômicos (São João del-Rei). É co-fundadora da AFO!TA Teatro. Em 2020  foi uma das artistas contempladas pelo LAB CULTURAL - Programa de valorização e incentivo à pesquisa e desenvolvimento de processos artísticos e culturais em Minas Gerais, promovido pelo BDMG CULTURAL. 

Foto: Maria Clara Ferrer

Última atualização: 08/09/2021