Busto (Sem Nome).png

LU COELHO

Codireção:

GarimPAR (Cicalt) (2013-2014)

Abarcar (Cicalt) (2017)

"Atuei no Programa Valores de Minas como arte-educadora e também realizei a co-direção circense dos espetáculos "Garimpar" (2013), direção  geral  de Samira Ávila, "Garimp(ar)" (2014), direção geral de Samira Ávila e "Abarcar" (2017), direção  geral de Cynthia Rider. As experiências educativas de criação e fruição estética se estabeleciam num período de 9 meses, onde no primeiro mês o corpo docente e coordenação pedagógica realizavam uma capacitação pedagógica para desenhar o projeto educacional do processo pedagógico que seria desenvolvido ao longo da execução do projeto. O projeto educacional era discutido e escrito de maneira colaborativa, com a presença também de representantes dos estudantes, a partir de temas e temáticas transversais às linguagens e práticas artísticas, tais como juventudes, alteridade, expressão de gênero, etnia, cultura popular e território. As temáticas conduziam a escrita das dramaturgias dos espetáculos, onde elementos de composição técnico-estéticos das Artes Visuais, do Circo, da Dança, da Música e do Teatro se estabeleciam em sua prática de maneira interdisciplinar e em interlocução de conceitos e ideias. Nos 03 primeiros meses, os estudantes vivenciavam oficinas práticas e teóricas específicas de cada linguagem artística em sua respectiva turma, e a partir do 4º mês iniciava-se o processo de experimentação e criação estética. No 5º mês acontecia um Palco Aberto como exercício cênico e mostra do processo para a comunidade escolar e familiares. A partir do 6º mês iniciavam-se os ensaios por turno e no 9º mês os ensaios gerais aos sábados com todas as turmas. Geralmente o espetáculo ficava em cartaz por dois finais de semana, com entrada gratuita e classificação livre."

 

 

 

Luana Coelho da Silva Gomes é professora-artista, malabarista, bailarina contemporânea e iluminadora cênica. Licenciatura em Dança com percurso estético em dança contemporânea pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (formatura 1/2022). Como malabarista desenvolve seus processos de criação, pesquisa e ensino-aprendizagem a partir da interlocução técnico-estética entre técnicas de manipulação de objetos do malabarismo clássico e experimental. Como professora-artista em técnicas contemporâneas de Dança atua nas confluências entre a Dança e o Circo na formação do bailarino contemporâneo. Também na arte-educação atua no desenho, desenvolvimento e avaliação de projetos educacionais nos formatos presencial e EAD para ambientes de ensino formal, não-formal e cursos livres.

Foto: Acervo Pessoal

Última atualização: 28/01/2022