Mariana Lina Muniz.jpg

MARIANA LIMA MUNIZ

Direção Geral:

“Match de Improvisação” (Cefar(t)) (2006)

"Fui professora do Cefar(t) no ano de 2006, selecionada para dirigir o espetáculo de formatura da escola no segundo semestre daquele ano. No primeiro semestre, dei aulas para o primeiro ano de interpretação. Em agosto, começamos os ensaios do Match de Improvisação, espetáculo cuja estrutura foi criada por Ivone Leduq e Robert Gravel, a partir do Sistema Impro do Keith Johnstone. Era a primeira vez que esse tipo de metodologia de improvisação diante do público era realizada em Belo Horizonte e demandou treinamentos intensos, muita coragem e disposição do elenco composto por 10 estudantes/atores.

 

Estreamos na sala Ceschiatti no final de 2006 com grande sucesso de público na temporada. Foi o primeiro Match de Improvisação do Brasil e o espetáculo continuou em cartaz até 2014, participando de diversos festivais nacionais e dois festivais internacionais (Chile e França). A partir dessa experiência, a turma de formandos e eu criamos a Uma Companhia. Fizemos juntos mais um espetáculo de Improvisação – Sobre Nós - e as primeiras edições do Festival Internacional de Improvisação. Permaneci com o grupo até 2010. Após minha saída, eles continuaram sua trajetória fazendo espetáculos e, principalmente, dando aulas regulares de improvisação.

 

Foi uma experiência única e sem dúvida com grande impacto na cidade. A partir do Match, a improvisação como espetáculo começou a se desenvolver em diferentes grupos e espaços."

Mariana de Lima e Muniz é pesquisadora do Programa Pesquisador Mineiro FAPEMIG. Professora Titular do Departamento de Fotografia, Teatro e Cinema, atuando na Pós-graduação em Artes e Curso de Graduação em Teatro da EBA/UFMG. Co-autora do livro Arte de Perto, publicado pela editora Leya, e aprovado no Plano Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio 2018. Co-autora dos livros Pedagogia das Artes Cênica I e II publicados pela Editora CRV (2016 e 2017). Autora do livro Improvisação como espetáculo: metodologias de treinamento do ator-improvisador publicado pela Editora UFMG (2015). Pós-Doutorado na Universidad de Buenos Aires com Jorge Dubatti, bolsa Estágio Sênior da CAPES. Doutora em História, Teoria e Prática do Teatro pela Universidad de Alcalá (Espanha), bolsa CAPES. Formada em Interpretação Gestual - Real Escuela Superior de Arte Dramático de Madrid (2005). Líder do grupo de pesquisa IMPROLAB- Improvisação e outras Interatividades.Tem experiência na área do Teatro, atuando principalmente nos seguintes temas: Improvisação e Dramaturgia, Relação ator-público, Relação Teatro e Internet no teatro contemporâneo e no ensino de teatro. Foi curadora do Festival de Inverno da UFMG de 2006 a 2009.Trabalhou como diretora e/ou atriz com diversos coletivos, entre eles: Grupo Galpão, Uma Companhia, Jogando no Quintal, Cia. Bárbara, Galpão Cine-Horto e Impromadrid. Foi criadora e é a curadora do FIMPRO - Festival Internacional de Improvisação. É coordenadora pedagógica da Formação em Teatro Digital e supervisora artística da Cena Web do Teatro em Movimento Digital.

Foto: Acervo Pessoal

Ultima atualização: 31/08/2021